quarta-feira, 23 de novembro de 2016

SEQUÊNCIA DIDÁTICA: PASSO A PASSO - PARLENDA

PARLENDA

SEQUÊNCIA DIDÁTICA

Por Cristiane Costa

Olá gente! Trouxe hoje uma sequência didática com parlenda. Primeiro gostaria de salientar que trabalhar parlenda enriquece o universo da criança por ter uma linguagem simples e prazerosa. Resgata o lúdico como também evidencia o seu papel no processo de alfabetização não só pela sua familiaridade com o discurso da criança, mas também porque permite a ela a conquista da linguagem.

Se faz necessário que a criança já saiba a parlenda a ser trabalhada, por isso recite vária vezes, cante várias vezes para que suas crianças decorem a parlenda.

Objetivo: Desenvolver e linguagem oral e escrita de maneira lúdica.

Conteúdo a ser trabalhado: Linguagem oral e escrita.

Material necessário: Cópia da parlenda em letras de forma, cartaz com a parlenda escrita, lápis de cor, 

Desenvolvimento:

Apresentar a parlenda para a turma, recitá-la várias vezes, mas de forma prazerosa, brinque com as crianças, cante, permita que seus alunos se aproprie memorizando de forma o mais lúdica possível. Depois dessa etapa peça que acompanhe a leitura da parlenda no cartaz, nesse momento vá cantando e apontando cada palavra para que seus alunos relacionem o que foi escrito com o que está sendo cantado. em seguida ofereça a atividade abaixo, onde eles terão que representar a parlenda através de desenho.



Socialize os desenhos expondo-os na parede.

Segundo dia:

Retome a aula falando de alguns desenhos que foram feitos, faça elogios, cante novamente, faça perguntas, torne esse momento atrativo. Para essa aula recorte as palavras da parlenda e promova um bingo. As crianças irão adorar. Explique como acontecerá e se achar que as crianças ainda estão inseguras faça em dupla. A dica que deixo é que a cada palavra que for surgindo vá dando dicas. Exemplo: se a palavra sorteada for casinha pergunte qual a primeira letra de casinha? Que som vocês escultam quando falam ca? Provavelmente elas dirão que escultam o A questione se existe alguma palavra iniciada com A, assim você estará dando as suas crianças oportunidades para pensar sobre a escrita. Faça isso com os sons iniciais e finais das palavras.


Finalize a aula com essa atividade



Em seguida ofereça a atividade a seguir. Ela estará dando as crianças subsídios para a compreensão de que as palavras são variadas em número de letras, letra inicial que se destacará o som nesse caso, letra final. A criança estará percebendo aos poucos que a escrita está ligada ao som dos pedacinhos que compõem as palavras.


Terceiro dia:

Novamente reveja a aula. Dessa vez vá ao pátio promova uma brincadeira onde a música seja a parlenda ou cante outras parlenda, mas que essa de estudo esteja incluída. Depois em sala leia o cartaz apontando, novamente, cada palavra com o dedo. Em seguida peça que uma criança encontrem uma palavra da parlenda que você desejar. Exemplo VOVÓ ao encontrar trabalhe essa palavra oralmente: quantas letras tem a palavra? Quantas vogais? Quantas consoantes? Qual o som inicial e final? Quantas vezes abrimos a boca para falar a palavra? Esse momento é importantíssimo para a aquisição de habilidades que a criança precisará para aprender a ler. Finalize essa atividade pedindo que as crianças realizem a atividade abaixo:


Se você achar melhor e quiser desafiar seus alunos ofereça essa outra atividade ou mande uma das duas como atividade de casa.



Quarto dia:

Agora chegou o momento do texto fatiado. Antes volte ao cartaz e leia novamente a parlenda cantando, deixe as crianças identificarem, apontando, algumas palavras conhecidas, essa pseudoleitura dará a criança auto estima e isso é imprescindível para a aquisição da leitura. Depois realize a atividade. Você pode antes trabalhar algumas palavras com o alfabeto móvel.


Quinto dia:

É o momento da escrita do texto. Certifique-se de que o cartaz não estará exposto. O objetivo não é copiar a parlenda e sim escrever do "seu jeito". Não se importe com erros ortográficos, deixe as crianças à vontade. Não faça pressão ao contrário elogie! Ao final exponha os atividades como quiser! Colecione, monte uma capa bem legal, com uma arte bem legal e peça que as crianças mostrem em casa ou aos amigos, outras professoras, coordenadoras etc. Faça a atividade ganhar o valor que ela merece! Ah! Não esqueça de pedir que elas desenhem certo? Desenhar representando o que escreveu é prazeroso!

Mãos à obra! Beijos e espero que tenham gostado! Compartilhem se gostaram, curtam, dê sua opinião!


Postar um comentário