domingo, 5 de fevereiro de 2017

DICAS DE COMO CONDUZIR BEM UMA AULA NA EDUCAÇÃO INFANTIL

DICAS DE COMO CONDUZIR SUA AULA NA EDUCAÇÃO INFANTIL





Conduzir uma turma de crianças da educação infantil não é fácil, nessa idade as crianças perdem o interesse rapidamente, por isso as aulas precisam ser dinâmicas e envolventes e deve sempre existir uma "carta na manga". O planejamento é imprescindível como também a rotina, estabelecendo assim a segurança na criança por saber qual será a próxima etapa da aula.


DICAS

Planejamento e rotina! Planeje e siga a rotina você conseguirá muito fazendo isso. As crianças precisam saber o que acontecerá durante o período que estiverem na sala. veja: dicas de como organizar a rotina na educação infantil

Em seu planejamento valorize atividades que prendam a atenção das crianças, utilize jogos, brincadeiras, torne a aula envolvente;

Utilize massinha, pintura, colagem, historinhas, teatrinho etc.

Eleja o ajudante do dia. Esse é um ótimo recurso para envolver principalmente o aluno indisciplinado.

O que você determinar que não pode para um aluno determine para todos. Eles precisam sentir que você é quem está no comando e que regra é regra até para você. Se subir na cadeira for uma proibição sua, esta deve ser sempre uma proibição. Se você deixar num dia e não deixar no outro, as crianças tentarão tirar proveito dessa brecha. 


Seja firme, olhe no olho, não aponte o dedo para o rosto da criança, não grite, mas tenha firmeza, fale baixo e em particular quando for repreendê-la, não a exponha e finalize mostrando pra ela que mesmo você a amando não deixará de chamar a sua atenção quando necessário.



Utilize uma música bem relaxante quando as crianças voltarem do intervalo, nesses momentos elas estarão bem agitadas. Faça disso um hábito.



Combine as regras de antemão: Essa atitude impede que você tenha de explicar a razão de uma regra no momento em que ela é quebrada. E a melhor forma de chegar às regras que valerão a todos é levar a discussão à rodinha. Em roda, estimule-os a expressar o que consideram certo e errado. Fale você também. Os motivos das regras devem ser discutidos nessa hora. Assim, no momento de chamar a atenção de um aluno, diga "Lembra que isso é errado?", partindo do princípio de que a justificativa já foi dada." 


Não utilize a "cadeirinha do pensar". Não relacione o pensar sobre alguma atitude que não foi correta com castigo. Se tiver de refletir quando faz algo errado, a criança pode acabar relacionando a reflexão a algo negativo. Como a reflexão é essencial no aprendizado e na vida em geral, evite ligá-la a situações de repreensão. 

Estimule o ato de cooperação. Essa ação é muito eficaz para mau comportamento, peça que seus alunos te ajude na arrumação da sala, curativo de um colega que se machucou e depois não esqueça de elogiar. O elogio é a certeza de que estão fazendo algo bom. 

Quando um aluno fizer algo que prejudique outro colega incentive o diálogo colocando os dois para o entendimento, nesse momento seja o mediador e não esteja do lado de ninguém. Esteja do lado do que é certo e não de quem é certo, evitando, assim partidarismo afinal são crianças em desenvolvimento e com uma história de vida.

Faça sempre uma autoavaliação principalmente se diante da sua o interesse for mínimo, aí é hora de buscar novas estratégias.

Ame o que você faz. Esse é fator imprescindível para a tranquilidade em suas aulas. Tenha paciência e não leve os desafios para o lado pessoal. Lembre-se eles são crianças e o adulto é você.


Postar um comentário