terça-feira, 27 de agosto de 2013

PARADIDÁTICOS EM SALA DE AULA

A leitura é algo crucial para aprendizagem do ser humano, pois é através dela que podemos enriquecer nosso vocabulário, obter conhecimento, dinamizar o raciocínio e a interpretação.
Ler para os nossos alunos é prática fundamental para despertar o gosto e o desejo pela leitura

Trago para vocês um livro encantador! Estou trabalhando em sala de aula com meus alunos do 1º ano. É de autoria de Ruth Rocha e ilustração de Claudio Martins. O livro conta a história de um mundo encantado dos gnomos que amam a natureza e seus bichinhos. São criaturinhas da floresta, bem-humorados, ativos e louquinhos por festa!




Algumas dicas de atividades:
  • Realização da leitura do livro para deleite;
  • Na rodinha ou roda de conversa fazer a leitura do livro observando os momento ímpares para fazer as paradas necessárias;
  • O professor deve contar expressivamente a história, utilizando apoio visual diversos;
  • Em seguida, o professor e alunos conversam sobre fatos, personagens, situações mais significativas da historia;
  • O professor vai explorando melhor a narrativa, por meio de perguntas sobre tópicos que ficaram esquecidos. As crianças conversam entre si, antes de responder, justificando suas opiniões;
  • O professor divide a classe em grupos para que, em conjunto, as crianças reescrevam o final da história. Enquanto escrevem, o professor deve circular entre os grupos, atendendo às dúvidas e mediando as dificuldades dos alunos;
  • Elegem-se dois textos para serem lidos à classe em voz alta;
  • Sendo possíveis, crianças comentam os textos dos colegas;
  • Fazer uma roda de leitura onde cada criança levará um livro para casa e recontará a história na roda de conversa;
  • Os alunos ficarão à vontade para levar emprestado o livro de sua preferência mesmo que seja repetido;

Trouxe essa atividade interpretativa da capa do livro O bichinho do Pimpão.




Este paradidático de Pedro Bandeira, Cidinha e a pulga da Cidinha, Outro livro que trabalhei em sala de aula, vem trazer a questão dos bichos de estimação de forma bem humorada! Cidinha adorava animais, só que ninguém  deixava ela ter um bicho de estimação. Mas a menina não desistiu resolveu arranjar um bichinho tão pequeno, que ninguém notasse. Daí ela acabou encontrando o menor de todos:  uma pulguinha chamada Risoleta. Imagine agora toda a confusão!



SUGESTÃO DE PLANEJAMENTO:

1º momento:
  • iniciar a discussão sobre ter um animal de estimação; perguntas: Alguém possui algum animal de estimação? Se a resposta for sim continuar perguntando qual, que cuidados deve-se ter, que alimento o animal come. Se a resposta for não pedir que  a criança  imagine como seria se ela tivesse um.
  • pedir que as crianças escrevam na lousa uma lista de animais de estimação, caso ainda não estejam escrevendo a professora será a escriba. Essa lista será a base para uma atividade posterior. (Veja anexo 1)

 2º momento: 

  • apresentar o livro Cidinha e a pulga da Cidinha. Chamar a atenção para as ilustrações, sobre o que provavelmente se tratava o livro. Deixar as crianças falarem livremente;
  • realizar a leitura do livro fazendo as intervenções necessárias;
  • conversar sobre fatos, personagens, situações mais significativas da historia;
  • fazer a comparação do animal de estimação de Cidinha e a lista exposta na lousa.
3º momento: 

  • realizar atividade(Veja anexo 2);
  • brincar com o bingo Animais de Estimação.
ANEXOS

Anexo 1

BINGO ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO

As palavras do bingo será as palavras que foram escritas na lousa.



Anexo 2






Postar um comentário